lunes, 27 de agosto de 2012

Eu sou uma merda?

Ontem, meu pai e eu tivemos uma briga muito forte ele me disse: 'Você é uma merda.'. Sei lá, será que eu sou uma merda mesmo? Eu não dormi pensando se eu, verdadeiramente, era uma merda. Lagrimas caiam do meu rostro. 

Na escola, minha amiga percebeu que eu estava mau...

- Mica, o quê acontece?
+ Ontem briguei com meu pai e ele disse que eu sou uma merda.
- Uma merda?
+ É.
- Ele estava com raiva amor, só por isso.
+ Sabe que uma pessoa diz as verdadeiras coisas quando está triste ou com raiva?
- Sei lá o quê aconteceu, amor. O que eu sei é ele não acha isso.
+ Ele me chama de gorda, me chama de merda... Por isso eu só confio na minha mãe, amiga. Ela é minha melhor amiga por sempre. Sempre me ajudando, comigo em todas as coisas que eu preciso.
- Mas ele é teu pai...
+ Para mim, já não. Minha mãe faz de mãe e pai para mim agora. 

A gente se abraça. 


Micaela Sol. 

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada