viernes, 24 de agosto de 2012

Oi... Oi?

Nesse momento, ligam para mim...

- Mica? Saudades!
+ Oi! Também tô!!!
- Vou para lá?

Aí, Micaela olha seu pulso e espalhe a manga do mergulhador para cobri-lo.

- Mica? 
+ Ah, sim! Pode! Vem!
- Tô saindo, beijooooooo!

Uns 15 minutos depois, ela chega na casa.

- Micaaaaaaaaaa! — Ela a abraça —, saudades demaissssss!
+ Também eu! 
- Comprei para você uma pulseira! 
+ Ah, linda!
- Deixa eu coloca-la.
+ NÃO!
- Por quê?!
+ Porque não preciso agora, vou colocar eu depois.
- Você está escondendo algo debaixo dessa manga, né?
+ Nada a ver.

Nesse momento, Mica começa a chorar.

+ Você está se cortando?
- É que já não posso mais!
+ CLARO QUE VOCÊ PODE. Você acha que está mal, com uma enfermedade, mas não é assim! É todo sua cabeça que faz você pensar isso. Por favor, não se corte mais, depois isso se volta um vicio, já não...

Mica a abraça.


Micaela Sol. 

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada